Mecanismo e natureza das crises epilépticas

Há descargas excessivas, súbitas e recorrentes na substância cinzenta.
Haverá aumento da excitação (glutamato, sódio e cálcio) e diminuição da inibição (GABA, cloreto e potássio).

 

 Canais e íons envolvidos com as situações patológicas da convulsão

 

Referência:

LIGA DE NEUROCIRURGIA, 2005. Sistema Nervoso [online]. NeuroFarmacologia: EPILEPSIAS. Disponível em: http://www.sistemanervoso.com/pagina.php?secao=6&materia_id=89&materiaver=1. [Consulta: 04-05-2001]